sexta-feira, 2 de janeiro de 2009

Meus periquitos



A idéia é criar o blog e com o tempo ir postando o conteúdo, seja ele qual for. O motivo é o ínicio de uma criação de Periquitos Australianos selecionados em lojas "comuns" de aves.

A seguir 3 fotos de 3 periquitos já selecionados. Um Azul Cobalto bonitaço (novas penas, tá mais bonito que na foto), um Verde "original" ainda filhote e uma fêmea Albino (também filhote). Ao fundo (na foto do Azul) tem um macho Arlequim Recessivo Amarelo, escolhido pelo meu filho!

Vou mantê-lo no plantel por apego e por ter um ótimo tamanho e ser bem imponente. O meu objetivo é selecionar pássaros e criar um "padrão pessoal" (se é que isso é possível, mas posso selecionar e isso basta para tornar-se uma iniciativa). Isso já foi feito há muito tempo atrás pelos Ingleses, por isso o nascimento do nome Periquito Padrão Inglês. Que são Periquitos Australianos selecionados... bonitos, e muito exóticos, mas o padrão não me agrada. Mais tarde posto algumas informações sobre o assunto!

Portanto quero selecionar periquitos australianos normais, e criar com os anos um padrão pessoal (se isso for possível, ou pura inocência).

A idéia são apenas periquitos "Verdes Originais", Azul Cobalto, Lutinos* e Albinos.

* Existem duas linhas de cores no Periquito Australiano. O verde dominante e o azul. O albinimo no verde dá amarelo (olhos vermelhos). O Albinismo no Azul dá branco. Portanto Lutinos são periquitos totalmente amarelos.


Vou cruzar primeiramente o Arlequim Recessivo (amarelo, é do verde) que tem um bom porte, com uma fêmea que comprei hoje no Guarujá "Verde Original". Escolhi ela por ter um ótimo porte, ser saudável e ter um físico imponente (nunca peguei um periquito tão forte, meu dedo que o diga!). O resultado serão Arlequins Recessivos (serão trocados por ração) e Verdes Originais (ficam no plantel até adultos pra então serem escolhidos para um novo ciclo).

O Azul Cobalto irei acasalar com a fêmea Albino (mesmo melanina, branco grupo do azul e amarelo grupo do verde dominante, resultados azuis com fator "ino"). O macho filhote Verde Original com uma futura fêmea Azul Cobalto (filhotes verdes, talvez alguns azuis se o verde for portador de azul). E... para completar o plantel e ter periquitos suficientes para não ter problemas na prole de consanguinidade... um macho e uma fêmea Lutino (pra dar Albino no cruzamento com o Azul) e mais uma fêmea e um Azul Cobalto e outra Verde.

Estudando melhor sobre o assunto estou tratando-os (os 5 atuais) com vermífugo, depois uma dose de vitamina E e uma outra dose de vitaminas, enquanto isso completo a compra formando o plantel. Vou alimentá-los* (estou seguindo as instruções do Sr. Norberto, criador de periquitos "Padrão Inglês". Depois conta como conheci esse criador)... com painço e alpiste. Gril para ajudar na digestão dos alimentos, pedra de cácio, couve e frutas (duras (maça tem que tirar as sementes)). Devem tomar Sol e ter comida e água a vontade (inclusive para tomar banho, eles adoram).

*Alimentação para casais em acasalamento e filhotes é algo especial e irei falar mais no futuro.

Deixei os 5 periquitos juntos e deu pra sentir a felicidade deles. Vivem em bando na natureza, ficam felizes com companheiros. A fêmea adolescente comprado no Guarujá está mexendo com o "brio" dos meus dois machos adultos. Estão exibidos, galantes... ficam maiores... É engraçado como dois amigos ser tornaram repentinamente "inimigos". Não existe agressão, mas estão disputando a atenção da fêmea. Os dois filhotes, o verde e a albino estão felizes... mergulham na água, são amigos, vivem na mesma gaiola e se divertem do jeito deles!

Separei eles para finalizar o tratamento. A fêmea Verde adolescente está sozinha numa gaiola de criação sendo tratada com vermífugo, os dois machos adultos em outra também com vermífugo e os dois filhotes que já foram tratados no "Ano novo" estão recebendo uma seção de vitamina E.

Logo irei reunir todos numa voadeira alta para viverem felizes e contentes até o fim do verão.

Ínicio de Outono - se estiver quente* - vou separar a fêmea Verde com o Arlequim Recessivo numa gaiola com ninho.

* Não é aconselhável colocar uma fêmea estreante pra prociar no inverno, os ovos podem entalar.


Tentativa de primeira ninhada com aves extremamente saudáveis!

Tenho muitas coisas a dizer, vou ficar por aqui e guardar assunto para tópicos futuros...

Curtam as fotos!

...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário